30 julho, 2012



"Eu sei que todos os dias quando eu acordo Deus dá um sorriso e me diz: Estou te dando a chance de tentar de novo."

                                                                                                                         Caio F. Abreu

03 maio, 2012


[Respiro forte] e começo.

Muita gente fala que para escrever uma nova história temos que escrevê-la em uma nova página, mas no meu caso não deu muito certo, tenho mesmo é que procurar um novo ‘livro’.

"...Mas se eu tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido.
Tinha terminado, então. Porque a gente, alguma coisa dentro da gente, sempre sabe exatamente quando termina.
Mas de tudo isso,
me ficaram coisas tão boas. Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz, e então não repetir nenhum comportamento. Ser novo..."
Caio F. Abreu

29 abril, 2012



Mulher de Virgem

É bem provável que você faça uma imagem de mulher delicada, frágil e virginal dessa mulher. Bom, não é bem assim. Na realidade, não é nada assim. As virginianas fazem coisas que nós nunca esperaríamos que elas fizessem. Não é que elas sejam imprevisíveis. Elas agem naturalmente, você é que enxerga errado.
É realmente de ficar de queixo caído com a capacidade das virginianas de ser absolutamente o oposto do que a sua aparência indica. Ela é capaz de enfrentar sozinha um mundo hostil, desbravar o último pedaço virgem da Amazônia e procurar pela última espécie de arara azul só para provar que elas ainda existem. Elas parecem porcelana, mas a espinha é de titânio.
Eis o seguinte. A mulher de virgem tem uma visão clássica do amor. E ela é tão pura quanto as águas que nascem nos Alpes suíços. Portanto se os olhos dela enxergarem em você imperfeições que batalham com um amor sem falhas que ela acredita ter conhecido ontem, ela não vai hesitar em romper laços antigos. E quando a virginiana termina um relacionamento, o que é fatalmente doloroso, não vê porque amenizar seu corte cirúrgico com anestésicos. Dor dói, não importa o quanto. E o seu conceito de relacionamento é mais coerente e irrefutável do que qualquer documento legal. Ela sabe ser mortalmente prática e divinamente romântica, ao mesmo tempo.
Quando marcar um encontro com a sua amada virginiana tome o cuidado de não se atrasar. Elas são as discípulas da organização, eficiência e pontualidade. Não se atrase a menos que queira estragar as coisas. Elas não vão fazer estardalhaço e muito barulho. Mas as virginianas sabem ser beeeeem desagradáveis. Dou a solução: colha algo da natureza para presentea-la, admita o erro e não discuta mais. Você não pode vencê-la. Espere. Espere. Espere. Pronto, ela está ótima de novo e nem importa quem venceu.
Treine em casa algumas palavras antes de lidar com virginianas que prezam por uma boa gramática. Não seje, nem menas e nada pra mim dizer. É fundamental. Esteja bem apresentado, cabelo e barba no lugar, todo trabalhado na impecabilidade. O senso dela de limpeza e organização transita em todos os lugares, inclusive em você.
Não a atormente apertando-a por ai, não fique de beijos demais, não faça espetáculos. Com a virginiana é devagar, graciosamente e com charme. Uma vez que você a tenha, elas serão fiéis assim como são leais a sua idéia de amor e relacionamento. Se ouvir de alguma virginiana que ela traiu alguém, é muito provável que tenha durado muito pouco e aconteceu apenas para ela provar algo para si mesma. Se elas cometem deslizes, sabem encobri-lo com maestria.
Mas apesar da meticulosidade aborrecida, da chatice dos dias de chatice e de seu poder de criticar sem medo, o que você faria sem essa virginiana, né verdade? Há algo de louvável em sua precisão e exigências. Inegavelmente te faz alguém melhor. O jeito tímido e olhos convictos reservam uma inteligência encantadora impossível de resistir, principalmente depois que ela esboça um sorriso e, de repente, parece que ela não é nada mais que nada.
Mas para alguém que ama esta espécie e, principalmente, sente a mão dela em sua própria vida... Ela é tudo.

26 abril, 2012




Ela acreditava em anjo e, porque acreditava, eles existiam.-
(A Hora da Estrela) - Clarice Lispector

04 março, 2012

10h38min AM
Desabafo

Então cá estou eu de novo com meus pensamentos totalmente aleatórios.
Ultimamente ando tão desanimada com tudo que “a única solução” que vejo seria quem sabe conseguir um emprego em outra cidade assim iria me afastar de um bocado de coisa que não estão fazendo bem para ninguém...
Em outubro tive meu último emprego “secretária”, era bom [bom o salário], mas em compensação o chefe era terrível. Ele só estava bom no dia que sabe Deus o que ele fazia que chegasse bem humorado no trabalho.
Eu ia bem vestida, não ficava de conversa com os outros, fazia o que ele pedia, mas para ele nunca estava bom suficiente sempre queria mais, mais e mais.
Sempre chamando atenção de todos ali dentro daquele quadrado. Era complicado, mas fazia parte.
Até que no dia 19/09 [meu aniversário].
Ele tinha acabado de chegar de viagem... Depois dos parabéns ele falou que queria conversar comigo para que eu fosse a sua sala. Lá fui eu “confusa” até então achei que fosse dar os parabéns.
Pensei errado.
Ele chamou minha atenção de várias formas.
*Falou do meu cabelo, roupa, calçado... Tudo.
Por que eu andava com meu cabelo amarrado?
Eu: por que acho melhor.
Ele: [olhou bem nos meus olhos e disse] MAS EU GOSTO DELE SOLTO.
*Falou da minha roupa.
Sendo QUÊ todos falavam que eu me vestia muito bem que as antigas secretárias pareciam mais umas piriguetes.
*Falou do meu sapato.
Por que eu só usava aquela sapatilha, se não tinha condição ao menos pedisse para alguém comprar e não ficar usando sempre a mesma.
Dentre outras coisas...
No entanto, o que me afetou foi o modo como ele falou, por que você sabe... Não é o que você fala E sim como você fala.
Depois de tudo ele ainda me ofereceu carona para casa. Muita CARA DE PAU dele.
Saí daquela sala aguentando o choro fui para o banheiro e começou a cair tanta lágrima [a senhora que também trabalhava comigo estava no banheiro ela viu tudo e disse que ia embora para ela inventar algo para ele sobre a TAL CARONA].
Fui chorando então dali até perto de casa. E nisso ele ligando para mim, enviando sms.
No dia seguinte perguntou o que havia acontecido eu menti.
Os dias foram passando até o próximo episódio no qual ele gritou tão alto comigo que o segurança na portaria escutou. No dia seguinte o segurança me chamou perguntou se estava tudo bem, eu disse que sim, então ele falou EU SEI QUE NÃO ESTÁ EU ESCUTEI TUDO ONTEM.
Me senti muito mal depois disso, com vergonha, entende?
Dias depois eu fui elogiar a gravata dele, ele então soltou QUANDO VOCÊ FOR EM MINHA CASA, VAI VER MUITO MAIS.
Fora ás vezes que ele me chamava na sala dele e falava bem baixinho SE EU NÃO QUERIA QUE ELE ME LEVASSE PARA CASA.
E também teve a outra vez que ele disse que iria me levar para fazer compras, não que eu parecesse á GRISELDA [de fina estampa], mas ás vezes precisava dar uma “renovada”...
Logo foram poucos dias até o próximo acontecimento.
Ele viajou e pediu para que eu fizesse uma planilha... A Pessoa que ficou encarregada de me passar um modelo de planilha me explicou como tinha que fazer e tudo mais. Era várias continhas fiquei dois dias fazendo aquilo [só peguei o modelo de outra planilha] e fiz todas as contas.
Dias depois que ele chegou de viagem me pediu a tal planilha. Ele perguntou se eu havia feito; Eu disse que sim, que a outra pessoa só havia me explicado como era. Mas ele começou a falar que eu estava mentindo que eu não tinha feito nada, que ele não gostava de pessoas mentirosas, etc..........................................
Nisso ele chamou na sala a outra pessoa que havia me explicado como era para fazer a tal planilha e começou a chamar á atenção da outra pessoa e ele estava gritando falando que os dois estavam mentindo para ele... Isso durou meia-hora [eu acho].
Foi quando saí da sala, arrumei minhas coisas, liguei para a moça do RH e disse que estava esperando por ela lá fora. Mesmo chorando contei tudo que havia acontecido dentro daquele quadrado. Das vezes que chamou minha atenção por coisas fúteis, das cantadas, dos gritos, das ligações, mensagens...
Ela disse que sentia muito por tudo aquilo e que não precisava mais eu ir trabalhar, que eles iriam me dar ás contas.
...
Então no dia 14/10/2011 eles deram baixa na minha carteira.
Eu contei para a família tudo que havia acontecido e meu pai disse que eu devia jogar ele na justiça. Mas não quis levar adiante o assunto; Não tinha como provar nada e ás pessoas que viram tudo que aconteceu não iam depor contra ele. Então o caso foi “arquivado”.
Contaram-me depois que lá tem uma nova secretária que CLARO se vesti com roupas de piriguetes, salto alto, toda montada E É DISSO QUE ELE GOSTA que sente até ciúmes dela.
Ou seja, no português EXAGERADO o que ele gosta é de comer as ‘secretárias’ [e como já haviam me dito] eu não cedi a isso e ele só complicou minha situação o tanto que ele pode.
Depois disso não conseguir outro trabalho, até agora, vira e mexe falo que ele deve ter feito macumba para mim por que não é possível. NADA ATÉ AGORA.
Por um tempo não procurei nada por que pelo o que aconteceu fiquei com medo de acontecer de novo. Um medo que só eu entendo.
Agora em casa parece que tudo está infeliz, nada tem cor, aliás, tem sim PRETO & CINZA.

Existem dois tipos de segredos: os nossos e os que estão escondidos.

11h55min AM

16 fevereiro, 2012

E quando o amor começa a te sufocar.
O que fazer?
Procurar terapia? Seria a melhor opção?
Por que depois de um tempo você começa a pensar que não vai conseguir suportar tudo sozinha, por que “os outros” pensam que os problemas só são aquilo que eles conseguem enxergar.
Eu vejo que tenho um problema que acho que nunca vou conseguir suportar sozinha.
Amar demais!
Mas já passei por duas decepções da qual achei que não iria conseguir suportar e engolir toda aquela dor SÓ.
Mais depois de um longo tempo, ela passa; Passa de um modo dolorido, com marcas.
Mas passa.
Se sentir só, estar só... Leva você a pensar em tantas coisas insanas, psicodélicas.
Eu só queria um lugar longe, estar longe para poder sentir algo, sentir falta de alguma coisa.
Mesmo perto eu sinto falta, só que parece que ás pessoas da qual você sente falta, essa pessoa não sente a mesma falta por você, entende?
Talvez até sinta e quem sabe é eu que não perceba isso.
Já pensei até em quem sabe passar um tempo em um hospício, se pudesse.
Conviver com loucos assim eu teria completa certeza que ainda há esperança... Por que a gente sempre quer acreditar que há esperança que o futuro sempre irá reserva algo muito bom pra gente. Mas no fundo a gente (...)


❝Escrever é enfiar um dedo na garganta. Depois, claro, você peneira essa gosma, amolda-a, transforma. Pode sair até uma flor. Pode sair até uma flor. Mas o momento decisivo é o dedo na garganta.❞
Caio Fernando de Abreu

14 fevereiro, 2012

Eu sei que dói. É horrível. Eu sei que parece que você não vai aguentar, mas aguenta.
Sei que parece que vai explodir, mas não explode. Sei que dá vontade de abrir um zíper
nas costas e sair do corpo porque dentro da gente, nesse momento, não é um bom lugar
para se estar.
Caio F. Abreu

08 fevereiro, 2012

Fogo e Paixão

Você é luz
É raio estrela e luar
Manhã de sol
Meu iaiá, meu ioiô
Você é "sim"
E nunca meu "não"
Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...(2x)

Me suja de carmim
Me põe na boca o mel
Louca de amor
Me chama de céu
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
E quando sai de mim
Leva meu coração
Eu sou fogo
Você é paixão...

Você é luz
É raio estrela e luar
Manhã de sol
Meu iaiá, meu ioiô
Você é "sim"
E nunca meu "não"
Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...

Me suja de carmim
Me põe na boca o mel
Louca de amor
Me chama de céu
Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
E quando sai de mim
Leva meu coração
Você é fogo
Eu sou paixão...

Você é luz
É raio estrela e luar
Manhã de sol
Meu iaiá, meu ioiô
Você é "sim"
E nunca meu "não"
Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...

Quando tão louca
Me beija na boca
Me ama no chão...(2x)

Wando, agora está em um lugar melhor e vai estar p/ sempre no coração daqueles que TE AMAM ♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

20 janeiro, 2012

As mulheres que mais irão marcar a sua vida são... as CHATAS.
Também chamadas de loucas, ciumentas, bipolares, confusas, esquisitas. As chatas te ligam de madrugada cobrando algo que você fez na semana passada, elas brigam contigo, olham feio para a mulherada que ta em volta de você, as chatas fazem cara feia, batem o pé, fazem bico, batem boca contigo sem pensar nas consequências e ......principalmente são ciumentas.
Mas vou te perguntar uma coisa: Quem não gosta de se sentir desejado?! Uma mulher que não te procura ou não esta nem aí para você ou tem medo de te perder e prefere fingir que não viu ou ouviu nada logo elas NÃO TEM IDENTIDADE! As chatas podem incomodar, mas estão ali do seu lado em qualquer situação, não ligam para sua conta bancária ou quantos carros tem na garagem, elas te cercam tanto que não deixam que nada de ruim se aproxime de você.. Elas podem ter seus defeitos mas fazem tudo para ser perfeitas, NÃO pedem desculpas e são marrentas, porém se trata-las bem são as pessoas mais doces que ira conhecer... Então valorize aquela mulher que bate o pé, xinga, teima, porque essa mulher sim esta dando valor para o que você é!

12 janeiro, 2012

Deletar/arquivar
Use as teclas "deletar" e "arquivar" de sua vida com sabedoria!

Delete:

tudo aquilo que não valeu à pena,
quem mentiu, quem enganou seu coração,
quem teve inveja, quem tentou destruir você,
quem usou máscaras, quem te magoou,
quem nunca chegou a saber exatamente quem você é...

Arquive:

as pessoas reais, ainda que virtuais,
que cederam carinho, tempo, palavras, conselhos,
a mão, o coração.
Pessoas que, de um jeito ou de outro, ajudaram
você a ser um pouco melhor, que te fizeram crescer
em sabedoria e sentimentos, que te deram
amor de verdade!

05 janeiro, 2012

Sabe o que eu queria.
Queria ser livre, sim livre...
Sem um compromisso de muita importância com alguém, a não ser minhas contas. Claro.
Sabe todo esse “desespero” uma hora cansa e você sente a imensa vontade de juntar todas as tuas coisas e ir embora.
Mas ai tu lembra... Vai pra onde?
Ai meus planos tinha/tenho tantos.
Quero tanto poder concretizar se puder todos eles.
Só preciso de um caminho.
Hoje quando penso no que poderia ter feito; Como ir embora para outro lugar...
Não me arrependo de não ter feito, por que sei que lá frente Deus reservou algo bem maior pra mim. A FÉ NÃO PODE ACABAR NUNCA, não é mesmo.
Quero muito gozar de coisas boas...
De coisas ruins também [mais só um pouco] por que muitas vezes é quebrando a cara que a gente aprende, não tem para onde correr.

Ser, Libertino!